6 tendências da nuvem para 2021 - Platon

Blog

Exibir tudo

6 tendências da nuvem para 2021

tendências nuvem 2021
diagnostico de segurança de dadosPowered by Rock Convert

O tão aguardado ano de 2021 já começou!

Não me recordo de um ano tão desejado por pessoas e empresas. Em 2020 presenciamos uma verdadeira revolução de comportamentos e aceleração de tendências em diversos aspectos, o motivo (óbvio) a pandemia da COVID-19.

A nuvem (coud computing) desempenhou papel fundamental para que muitos negócios pudessem se manter operantes. Acontece que nem todo mundo quer voltar ao antigo normal e aproveitou o “empurrãozinho” de 2020 para reinventar suas operações e tecnologias.

Separamos nestes post as principais tendências da nuvem para este ano de 2021. Confere aí!

1 – Multicloud

Com a crescente demanda por nuvem, as empresas não estão se limitando a utilizar um único modelo de nuvem e nem mesmo utilizam um único serviço/fornecedor.

O modelo de computação em nuvem permite mesclar recursos e serviços e atender a estas demandas juntando solução de nuvem pública e nuvem privada.

Para exemplificar, imagine que em sua empresa você possui um serviço de banco de dados que roda em uma nuvem privada. Para realizar backup deste banco de dados sua empresa utilizará uma nuvem pública de outro provedor.

Essa mescla de nuvens é chamada de multicloud e é uma tendência que ganhará ainda mais espaço em 2021.

2 – Uso massivo de Inteligência Artificial

Uma coisa que não muda em 2021 é a evolução das tecnologias e recursos voltados para IA – Inteligência Artificial. Com a nuvem o emprego de IA nos negócios deixa de ser algo restrito a empresas que tenham tecnologia em seu core business e cada vez mais é usado por pequenos negócios.

Recursos de atendimento virtual, análises de cadastros, reconhecimento de autenticidade e uma série de outras tecnologias já fazem parte de nosso dia a dia. Com a aceleração da digitalização dos negócios causada pela pandemia, certamente em 2021 teremos mais inteligência artificial apoiando a vida das empresas.

3 – Nuvem além da tecnologia

A nuvem não é uma tecnologia que pode ser considerada recente. Entretanto, o que é recente é a popularização deste modelo computacional de forma que novos modelos de negócio foram criados a partir do conceito de escalabilidade que é possível com o cloud computing.

Em outras palavras, a nuvem criou um universo de possibilidades que transcendem os setores de TI e são debatidos em pautas táticas e estratégicas de grandes, pequenas e médias empresas. Novamente, vale ressaltar que o ano de 2020 fez com que lideranças que negligenciavam as possibilidades e benefícios da nuvem despertassem para o assunto.

Certamente em 2021 mais lideranças adotarão a nuvem como recurso estratégico para reinventar a operação da empresa, otimizar investimentos e custos, atender novos mercados, enfim, literalmente uma nuvem de oportunidades (com o perdão do trocadilho) se abre para todos os negócios.

Neste ponto, vale ressaltar a importância de ter ao lado parceiros de tecnologia em nuvem que tenham know-how e confiabilidade para auxiliar com as melhores soluções de forma consultiva. A Platon, por exemplo, atua exatamente neste sentido.

4 – Nuvem a favor da segurança de dados

Em 2020 entrou em vigor a LGPD. Com isso o que antes eram boas práticas de segurança da informação, passaram a ser uma obrigatoriedade a todos os negócios.

O fato é que a LGPD ainda é novidade e está fazendo muitas empresas correrem contra o tempo para se adequar. Mais uma vez a nuvem vem como ferramenta crucial para apoiar com diversas ferramentas de segurança da informação, controle de acessos, redundâncias e disponibilidade.

Além disso, empresas que já adotaram soluções em nuvem terão mais facilidade para implementar tecnologias e adequar seus fluxos de trabalho. Uma vez que, a nuvem torna a estrutura escalável e de fácil manutenção. Sendo assim, na corrida para se adequar a LGPD neste ano a nuvem terá papel fundamental para isso.

5 – Fortalecimento do ecossistema de nuvem

No mesmo ritmo da adoção do multicloud, os fornecedores de serviços em nuvem cada vez mais terão de criar soluções e integrações para atenderem as necessidades dos clientes. Sendo assim, é natural que haja uma colaboração maior do mercado para padronizações e integrações entre tecnologias e plataformas.

Desta forma, a tendência é que as empresas que demandam por nuvem tenham mais liberdade e facilidade para utilizar a nuvem. Neste cenário o papel das cloud brokers se fortalece e ganha ainda mais importância no intermédio entre as áreas de tecnologia e negócio.

6 – Humanização da nuvem

Não é nenhuma novidade que em 2020 nós passamos a usar mais as tecnologias em nuvem para nossas atividades, sejam elas profissionais, estudos e lazer. Com o isolamento social mesmo aqueles que não tinham hábitos digitais precisaram se adequar para permanecerem ativos.

Com tantos novos usuários utilizando recursos, é inevitável que haja uma humanização da nuvem. No passado, lembra quando os computadores eram restritos especialistas que tinham conhecimento para operá-los? Aí vieram os sistemas operacionais, interfaces, e atualmente o nível de conhecimento de um usuário em computação precisa ser mínimo para que possa executar tarefas em um computador.

Esta humanização faz-se necessária e é importantíssima tanto para o sucesso de fornecedores quanto de usuários da nuvem.

E aí? Será que essas tendências vingarão? Alguma tendência que não mencionamos aqui?

Deixa nos comentários, nós amamos trocar ideia!

Deixe-nos seu contato para obter mais informações sobre este assunto

Fique tranquilo, não enviaremos spam para você.

Vinicíus Chaves
Vinicíus Chaves
Diretor de Marketing

Deseja conhecer mais sobre a Platon?

Fale conosco ou encontre-nos nas redes sociais: