O que é Backup em Nuvem?

Blog

Exibir tudo

O que é Backup em Nuvem?

o que é backup em nuvem

Backup em nuvem, o que é:

Backup em nuvem é o backup (cópia de segurança) de dados digitais (arquivos, sistemas e etc.) em estrutura de armazenamento computacional clusterizada (nuvem). A estrutura de nuvem pode estar ou não em um local distinto da origem dos dados, podendo ser em datacenter externo ou interno na empresa.

Entendendo o que é Backup

Antes de explicar o que é backup em nuvem, é fundamental ter clareza sobre o que é backup. O conceito é muito simples porém ainda muito confundido.

Não existe uma tradução literal para a palavra backup, mas em português significa: cópia de segurança. Sacou? cópia + segurança. O fato de realizar uma cópia simples de um determinado arquivo ou sistema não assegura que esta cópia estará disponível no momento em que precisar dela.

Para garantir a segurança dos dados existem algumas técnicas e recursos que elevam a disponibilidade, confidencialidade e integridade dos dados. Veremos no decorrer deste post.

Como fazer backup?

Muito antes da nuvem e da popularização desta tecnologia, já era possível fazer backup. Historicamente os dispositivos de armazenamento vêm evoluindo e as formas de se fazer backup acompanham esta evolução.

No início com os cartões perfurados passando pelas fitas magnéticas (fita DAT), dísco rígido (HD), CD’s e DVD’s, pen drives, HD externo até chegar na nuvem.

Para cada tipo de armazenamento há um processo, tecnologia e principalmente níveis de segurança melhores e mais otimizados.

Entretanto, uma coisa é comum para todas as forma de backup: Possuir uma agenda clara com datas, horários e listagem de todos os dados que serão copiados.

Com as rotinas de backup definidas, entra em ação o agente que irá efetivamente fazer a cópia dos dados. No passado este agente era uma pessoa que manualmente realizava a operação de backup. Atualmente diversos softwares de backup automatizam e facilitam este processo.

Sobre a nuvem

Como mencionado no início deste conteúdo a nuvem é uma estrutura computacional clusterizada. Se você quer saber mais sobre o que é nuvem, dá uma conferida neste post explicando o que é nuvem. Umas das principais características da nuvem é a possibilidade de escalar e dimensionar recursos de hardware de forma muito rápida sem a necessidade de manutenções físicas nos computadores ou servidores.

As mídias convencionais citadas anteriormente serviram por algum tempo, mas com a popularização da nuvem e o aumento de estruturas de datacenters de alta performance e segurança de dados torna-se muito viável migrar para nuvem.

Como funciona backup em nuvem?

O backup em nuvem consiste em enviar para uma estrutura de nuvem as cópias de segurança dos dados. Da mesma forma, o simples fato de possuir cópias de segurança dos dados na nuvem não significa necessariamente que se possui um backup em nuvem implantado.

Para automatizar o processo de realização dos backups é necessário um software que receba toda a programação das rotinas de backup bem como possibilite garantir e restaurar de forma íntegra os dados quando necessários.

Características cruciais para uma solução de backup em nuvem:

Criptografia de dados

Todos os dados devem ser criptografados com senha (chave criptográfica) que seja de poder único e exclusivo dos responsáveis pelos dados na empresa. Normalmente os profissionais do setor de tecnologia da informação e/ou gerencia e diretoria são os responsáveis.

Com a criptografia todos os dados quando armazenados tornam-se “arquivo morto” para que não possui a chave criptográfica. Sendo assim é possível afirmar que o backup em nuvem é seguro e os dados são confidenciais.

Período de retenção

A retenção diz respeito a manter versões alteradas ou mesmo deletadas de dados. Sabe quando sem querer alguém deleta um arquivo que não precisava? É graças a retenção que você consegue selecionar um backup retroativo e restaurar este arquivo com uma data anterior.

A retenção também serve para quando alguma versão de arquivo ou sistema não está funcionando corretamente após alguma manutenção, pois ao acessar a retenção é possível restaurar determinado arquivo mesmo sem este ter sido deletado.

Um ponto importante sobre a retenção é que está diretamente relacionada a quantidade de espaço em nuvem que será utilizado. Quanto maior a retenção, maior a utilização do armazenamento.

Em alguns softwares a retenção é feita armazenando somente os dados incrementais do backup. Desta forma um arquivo que possua por exemplo 1 GB não ocupará este total de espaço multiplicado pela quantidade de versões, somente os incrementais serão armazenados a cada rotina. Ou seja, o armazenamento é otimizado e você economiza em armazenamento.

Compactação dos dados

Falando em otimização de espaço aqui está um dos recursos fundamentais para um backup em nuvem, a compactação. Em uma boa solução de backup em nuvem todos os dados são compactados antes de serem enviados ao datacenter. Isso otimizará MUITO a utilização do espaço e impactará diretamente em redução de custos com armazenamento em nuvem.

Entretanto, a compactação tem performance diferentes dependendo do formato dos arquivos que serão compactados. Bancos de dados, documentos de texto, planilhas e arquivos semelhantes possuem uma capacidade de compactação gigante. Já arquivos de vídeo, áudios e imagens tendem a possuírem uma baixa taxa de compactação, tendo em vista que seus formatos convencionais já são compactados.

Acesso restrito aos dados

Ta aí uma das maiores diferenças entre backup em nuvem e armazenamento em nuvem (Google Drive, One Drive, Drop Box, etc). Uma solução de Backup em nuvem é desenvolvida com foco segurança de dados.

Por outro lado se você quer disponibilizar e compartilhar arquivos de forma prática e colaborativa através da internet, então você precisa de uma solução de armazenamento em nuvem como as mencionadas anteriormente.

Um erro muito comum, é utilizar soluções de armazenamento como Google Drive, One Drive, Drop Box e afins para cumprir o papel de backup em nuvem para empresas. Cuidado isso não está certo! Para saber quando utilizar solução de backup em nuvem ou armazenamento preparamos um post que vai te ajudar.

Relatórios de backup

Mais importante do que realizar backups é ter a certeza de que no momento em que precisar dos dados eles estejam disponíveis para a restauração não é mesmo?

Algumas solução de backup em nuvem (como por exemplo a da Platon) possuem uma plataforma de monitoramento a nível de datacenter que faz o acompanhamento de todas as rotinas de backup e envia relatórios detalhados por email sobre o status das execuções de backup. Até mesmo se o backup não for realizado é enviado um email.

Sendo assim, um simples acompanhamento dos emails torna a gestão do backup muito mais simples, pois basta notar alguma anormalidade nos relatórios e acionar a empresa responsável.

Benefícios do Backup em nuvem

Como em qualquer tecnologia em nuvem, o backup na nuvem também oferece uma série de benefícios que o torna uma excelente opção para aumentar os níveis de segurança da informação na empresa. Alguns dos benefícios desta solução são:

  • Baixo custo, dispensa aquisição de hardware;
  • Processo realizado de forma automática, através de software, não há risco de alguém esquecer de fazer backup;
  • Fácil configuração e controle, não precisa que alguém pare o que está fazendo para executar o backup;
  • Armazenamento em local seguro, os datacenters possuem diversas redundâncias com certificações de desempenho e segurança (TIER III e ISO 27.001);
  • Segurança contra catástrofes naturais e ameaças digitais;

Qual o momento certo de implantar um backup em nuvem?

Quando uma empresa não possui solução de backup em nuvem costumo categoriza-las em dois segmentos, as que já perderam dados e as que vão perder…

É muito normal presenciarmos empresas que procrastinam a decisão em implantar um backup em nuvem e são obrigadas a realizar a melhoria por terem passado por um incidente com seus dados.

Então a dica é: Se sua empresa ainda não tem backup em nuvem busque implantar essa solução imediatamente!

Requisitos técnicos para o backup em nuvem

– Minha internet aqui na empresa é lenta e tenho muitos dados pra fazer backup em nuvem, como fazer?

Uma dúvida muito frequente é qual a velocidade necessária na internet para realização do envio dos dados ao datacenter. Algumas pessoas acreditam que é necessário possuir um link em fibra óptica com velocidade padrão europeu rsrsrs. Mas não é bem por aí não…

Claro, quanto maior a velocidade mais rápidos serão enviados os dados. Porém no primeiro envio serão enviados todos os dados do backup e esta primeira carga terá um tempo maior de execução. Após esta primeira rotina serão enviados somente os incrementais dos dados que foram modificados em relação a ultima execução.

Ambiente com vários computadores

O software de backup pode ser instalado em diferentes computadores com rotinas, chave criptográfica e agendamentos totalmente individuais para cada instância (servidor ou PC).

Além disso não há mudança de custo em relação a quantidade de computadores e servidores que terão o software instalado.

Versão de sistema operacional

O software de backup em nuvem como o disponibilizado pela Platon por exemplo, possui compatibilidade com os principais sistemas operacionais do mercado, sendo assim é possível realizar backup em nuvem para Windows, Linux e MacOS.

Recuperação dos dados

A recuperação dos dados em uma solução de backup em nuvem pode ser realizada a qualquer momento de forma muito prática através do mesmo software responsável pela realização dos dados.

É possível também cadastrar um computador exclusivamente para restauração de dados de forma emergencial. Isso para situações onde ocorreu a perda do computador ou servidor de origem dos dados.

A velocidade da internet também vai impactar no tempo de restauração dos dados, bem como a quantidade de dados que se deseja restaurar.

Quanto custa backup em nuvem?

Os valores de backup em nuvem variam muito de uma empresa para outra. Os fatores que impactam nos preços de backup em nuvem são:

  • Software utilizado para realizar backup, pagou ou gratuito;
  • Nível de segurança e certificações do datacenter onde serão armazenados os dados;
  • Gerenciamento e monitoramento das rotinas direto pela empresa que fornece o backup;
  • Quantidade de espaço para armazenamento em nuvem;

É por este motivo que é tão importante contar o apoio de especialistas para dimensionar e entender qual melhor plano e configuração de backup em nuvem para sua empresa.

Além desta explanação completa sobre o que é backup em nuvem, recomendo que dê uma olhada também nos conteúdos abaixo, eles podem te ajudar a tirar mais dúvidas sobre esta solução tão importante para sua empresa:

Como fazer backup em nuvem?

Qual a diferença entre backup incremental e diferencial?

É seguro manter meu backup fora da empresa?

Procrastinação pode causar a perda de todos os dados de sua empresa

A nuvem está aí, seu negócio possui vários desafios e certamente contar com uma estrutura robusta, escalável e segura fará com que você ganhe tempo e tranquilidade para focar nas suas estratégias de negócio e no seu core business.

Tire suas dúvidas

Aproveita essa caixa abaixo pra mandar pra gente sua dúvida, sugestão ou feedback. Teremos muito prazer em responder você!

Deixe-nos seu contato para obter mais informações sobre este assunto

Fique tranquilo, não enviaremos spam para você.

Vinicíus Chaves
Vinicíus Chaves
Diretor de Marketing

Deseja conhecer mais sobre a Platon?

Fale conosco ou encontre-nos nas redes sociais: